Um caso clássico de “gêmeos astrais”

Humberto I (1844-1900), rei da Itália, não teve nada a ver com a astrologia, mas sua vida até hoje é lembrada pelos astrólogos, para ilustrar um caso de “gêmeos astrais”. Conta-se que ele foi apresentado a um súdito que tinha muita semelhança física com ele. Depois de uma investigação, soube-se que este homem tinha nascido no mesmo dia e na mesma hora que o Rei, casara com uma mulher com o mesmo nome da Rainha e ambos tinham um filho chamado Vitório. Não bastasse isso, o súdito começara seu negócio no mesmo dia em que o Rei assumira o trono.

Quando estava em Monza, Humberto soube que aquele homem tomaria parte num torneio de tiro no qual ele faria a entrega dos prêmios e manifestou o desejo de encontrar-se novamente com o seu sósia.

Mas, perto da hora do encontro, o Rei foi informado que o sósia morrera num disparo acidental ao limpar a arma. E antes que pudesse chegar à cena do acidente, o próprio Humberto foi assassinado por um anarquista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.