Carlos VII e Agnès Sorel

Carlos VII, rei de França, apaixonou-se perdidamente pela bela Agnès Sorel, a tal ponto que não desejava fazer outra coisa a não ser amá-la. Fraco e indolente, descuidava os negócios de Estado. Um dia, Agnès lhe disse que, quando ainda era muito jovem, um astrólogo havia predito que ela seria amada e servida por um dos mais valentes e corajosos reis da cristandade. Quando Carlos lhe deu a honra de seu amor, ela acreditou que esse rei valoroso era ele, mas, vendo-o tão indolente, tão pouco preocupado com seus negócios, ela percebeu que estava enganada e que o rei predito pelo astrólogo não era ele, mas o rei da Inglaterra, um bravo guerreiro que conquistara muitas cidades francesas pela força das armas.

– Então, disse ela ao rei, eu vou ao seu encontro, pois é ele o homem de quem o astrólogo falara.

Essas palavras feriram tão fundo o coração de Carlos que ele se pôs a chorar. Daí em diante, tomou coragem e, deixando de lado caçadas e divertimentos, tomou as rédeas do poder. Tornou-se um rei tão valente que, por seus méritos, conseguiu expulsar os ingleses de seu reino.

(Fonte: Brantôme/ V. XII, Recueil des Dames, pág. 358)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.